Willem Oorebeek
Pernis, Holanda, 1953. Vive e trabalha em Bruxelas, Bélgica.

Willem Oorebeek tem concentrado a sua atenção, ao longo dos 25 anos de produção artística, na questão da imagem e da sua representação, explorando as noções de repetição, reprodução, autoria e originalidade. O artista trabalha naquele que considera um ciclo infinito de destruição e de recirculação de imagens impressas. 

O método característico do artista passa por uma recolha de material impresso do domínio público dos meios de comunicação de massas, baseada em critérios como a atracção, a afeição ou afinidade, e por uma manipulação desse material e sua transposição para outros meios, recorrendo frequentemente a técnicas das artes gráficas. 

Uma operação muito particular do seu trabalho é o que Oorebeek chama de BLACKOUT, uma técnica litográfica que consiste na impressão de uma camada de tinta negra sobre as imagens. Cobertas pela tinta, as imagens tornam-se visíveis apenas quando a luz incidente na superfície negra é observada de um determinado ângulo. Este gesto carrega um duplo sentido: ao mesmo tempo que decreta a sua morte, o artista está a resgatar do desaparecimento e a destacar a singularidade das imagens.

Exposições Individuais (selecção)
2014
Séance BLACKOUT (A London Couch) 2012 - 2013, Galeria Quadrado Azul, Lisboa, Portugal.
2012
Les secrets de la memoire, A.VE.NU.DE.JET.TE – Institut de Carton, Bruxelas, Bélgica.
2011
American proof AP, Robert Miller Gallery, Nova Iorque, Estados Unidos.
KATALOG, Culturgest, Porto, Portugal.
More of the same, Modern Art Gallery, Londres, Reino Unido.
2008
MONOLITH, Once or Many, Culturgest, Lisboa, Portugal.
2007
Progress & Noise, Frehrking – Wiesehöfer Galerie, Colónia, Alemanha.
2006
Bigger, Higher, Leader, S.M.A.K., Stedelijk Museum voor aktuele kunst, Ghent, Bélgica.
Exposições Colectivas (selecção)
2015
EMINENT DOMAINS (proper names) + OO Inflatables, Robert Miller Gallery, Nova Iorque, EUA.
2014
Collection Presentation, S.M.A.K., Ghent, Bélgica.
Tokonoma, Ludlow 38, Nova Iorque, EUA.
2013
A Whole Range of Furtively Titillating Stereotypes, Galerie Micheline Szwajcer, Bruxelas, Bélgica.
Xerography, Firstsite, Colchester, Essex, Reino Unido.
Parallax Object, Relief, Blackouts, Martin Van Zomeren, Amesterdão, Holanda.
Common Grounds, Common Practices, Stedelijk Museum, Amesterdão, Holanda.
VERTICAL CLUB, Bortolami Gallery, Nova Iorque, EUA.
Specific Collisions, Marianne Boesky Gallery 64th Street, Nova Iorque, EUA.
Tradition, Grazer Kunstverein, Graz, Áustria.
Blackout, Exhibition Research Center, Liverpool, Reino Unido.
Tradition, Marres,
 Centre for Contemporary Culture,
 Maastricht, Holanda.
The Moon has a Complicated Geography, De Vleeshal, Midelburgo, Holanda.
Baw-lal, Galerie Juliètte Jongma, Amsterdão, Holanda.
2012
Prolongation, Galerie Nächst St. Stephan, Viena, Áustria.
These and Other Works, Extra City Kunsthal, Antuérpia, Bélgica.
knell dobre glas, Galeria Quadrado Azul, Lisboa/ Porto, Portugal.
Monolith/ Life, met Aglaia Konrad, Sint-Lukas Gallery, Bruxelas, Bélgica.
2011
unExhibit, Generali Foundation, Viena, Áustria.
The Fundació Antoni Tàpies, Barcelona, Espanha.
Tomorrow Is The Question/Collection Presentation, S.M.A.K., Ghent, Bélgica.
Valéry Proust Museum/ White Cube Fever, MuZee, Ostende, Bélgica.
Monolith/ Life, met Aglaia Konrad, Villa Romana, Florença, Itália.
2010
Pay a Visit to Mary, Aldrich Museum, Ridgefield, Estados Unidos.
Een kleine ritselende revolutie, Bruges, Bélgica.
When the chairs are on the table, Jochen Weber, Simon Thompson, Willem Oorebeek, WCW Galerie, Willemsburg, Hamburgo, Alemanha.
Pay a Visit to Mary II, Kunstverein, Amesterdão, Holanda.
The way it wasn't, 10 years Castillo/Corrales, Midway Centre for Contemporary Art, Minneapolis, Estados Unidos.
2009
Zwischen den Krisen, met Jochen Schmidth, Harburger Bahnhof, Hamburgo, Alemanha.
Kommentar als selber was, Kunstlerhaus Exnergasse, Viena, Áustria.
Le Musée Imaginaire, LP met Christine Lemke, Frankfurt, Berlim, Alemanha.
Return of the gods & other myths, BAK Utrecht, Holanda.
Avec le temps _ in Time, Robert Miller Gallery, Nova Iorque, Estados Unidos.
NIET NORMAAL, Beurs van Berlage, Amesterdão, Holanda.
2008
Merz in Februar, :emyt Kunstverein, Berlim, Alemanha.
Vienna Appartment, Bruxelas, Bélgica.
Die Lucky Bush, Muhka Antuérpia, Bélgica.
2007
Les films eux-mêmes: Joëlle Tuerlinckx par Willem Oorebeek, argos, Bruxelas, Bélgica.
2006
Steierischer Herbst, Graz, Áustria.
Being, in Brussels, argos, Bruxelas, Bélgica.
More club, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More details, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More elle, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More elle 2, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More glamour, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More jalouse, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel) 
More Time, 2011. Impressão digital sobre papel. 60 x 45,5 cm (imagem) 67,5 x 55 cm (papel)